O que é o controle da dor?

A medicina da dor é uma área da medicina que se dedica a tratar pacientes com dor crônica, ou seja, dor persistente por mais de 6 meses. Ainda é uma especialidade pouco conhecida, por incrível que pareça.

Controle da dor
A medicina da dor é uma área da medicina que se dedica a tratar pacientes com a dor crônica, ou seja, dor persistente por mais de 6 meses.
Anestesiologista Trata a
dor Crônica
O médico anestesiologista que é especialista em dor tem conhecimento para tratar dor aguda e crônica com medicações. procedimentos minimamente invasivos e em conjunto com equipe multidisciplinar.
Quando procurar um especialista
em controle da dor?
Caso sua dor já dure mais de 6 meses sem solução ou se você já passou por vários médicos em busca de alívio da dor seja de qualquer causa.
Previous
Next

O que é o controle da dor?

A medicina da dor é uma área da medicina que se dedica a tratar pacientes com dor crônica, ou seja, dor persistente por mais de 6 meses. Ainda é uma especialidade pouco conhecida, por incrível que pareça.

Quem faz o controle da dor?

O tratamento da dor é complexo e abrange conhecimento de várias especialidades médicas, por isso é chamado de área de atuação. O médico anestesiologista que é especialista em dor tem conhecimento para tratar dor aguda e crônica com medicações, procedimentos minimamente invasivos e em conjunto com equipe multidisciplinar, com fisioterapia, psicologia, terapia ocupacional e com outras especialidades médicas, a depender da causa da dor.

Quem faz o controle da dor?

O tratamento da dor é complexo e abrange conhecimento de várias especialidades médicas, por isso é chamado de área de atuação. O médico anestesiologista que é especialista em dor tem conhecimento para tratar dor aguda e crônica com medicações, procedimentos minimamente invasivos e em conjunto com equipe multidisciplinar, com fisioterapia, psicologia, terapia ocupacional e com outras especialidades médicas, a depender da causa da dor.

Quando Procurar o controle da dor?

Caso sua dor já dure mais de 6 meses sem solução ou se você já passou por vários médicos em busca de alívio da dor, seja de qualquer causa: dores na coluna lombar, cervical, fibromialgia, cefaléias, dor oncológica, de esforços repetitivos (tendinite, bursite, artrite), dores neuropáticas, dor pós- amputação, síndrome de dor complexa regional, entre outras.

Quando Procurar o controle da dor?

Caso sua dor já dure mais de 6 meses sem solução ou se você já passou por vários médicos em busca de alívio da dor, seja de qualquer causa: dores na coluna lombar, cervical, fibromialgia, cefaléias, dor oncológica, de esforços repetitivos (tendinite, bursite, artrite), dores neuropáticas, dor pós- amputação, síndrome de dor complexa regional, entre outras.

Dra. Luciana Leite de Amorim Conte

Graduou-se em 2009 na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).
Em 2010 ingressou na residência médica em Anestesiologia do Hospital Geral Universitário em Cuiabá.

Entre 2013 e 2016 trabalhou como médica anestesiologista no Hospital Regional de Rondonópolis.

É membro ativo da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA) e da Sociedade Matogrossense de Anestesiologia (SOMA).

Em 2016 cursou a Especialização de Cuidados ao Paciente com Dor no Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês em São Paulo. Possui o título da área de Atuação em Dor pela Associação Médica Brasileira (AMB).

Entre 2014 e 2018 trabalhou como médica anestesiologista na Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis.

É membro da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED) e da Sociedade Brasileira de Medicina Intervencionista em Dor (SOBRAMID).

Em fevereiro de 2019 obteve o título de Fellow of Interventional Pain Practice (FIPP) concedido pelo Instituto Mundial da Dor (WIP), uma certificação para médicos que fazem procedimentos guiados por fluoroscopia para tratamento de dores crônicas.

Em agosto do mesmo ano obteve o título de Certified Interventional Pain Sonologist (CIPS) concedido pela mesma instituição. Esta certificação é para médicos que fazem procedimentos com uso de ultrassonografia para o tratamento da dor.

Atualmente trabalha com atendimentos clínicos e procedimentos intervencionistas para tratamento de pacientes com dor na cidade de Rondonópolis

Dra. Luciana Leite de Amorim Conte

Graduou-se em 2009 na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).
Em 2010 ingressou na residência médica em Anestesiologia do Hospital Geral Universitário em Cuiabá.

Entre 2013 e 2016 trabalhou como médica anestesiologista no Hospital Regional de Rondonópolis.

É membro ativo da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA) e da Sociedade Matogrossense de Anestesiologia (SOMA).

Em 2016 cursou a Especialização de Cuidados ao Paciente com Dor no Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês em São Paulo. Possui o título da área de Atuação em Dor pela Associação Médica Brasileira (AMB).

Entre 2014 e 2018 trabalhou como médica anestesiologista na Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis.

É membro da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED) e da Sociedade Brasileira de Medicina Intervencionista em Dor (SOBRAMID).

Em fevereiro de 2019 obteve o título de Fellow of Interventional Pain Practice (FIPP) concedido pelo Instituto Mundial da Dor (WIP), uma certificação para médicos que fazem procedimentos guiados por fluoroscopia para tratamento de dores crônicas.

Em agosto do mesmo ano obteve o título de Certified Interventional Pain Sonologist (CIPS) concedido pela mesma instituição. Esta certificação é para médicos que fazem procedimentos com uso de ultrassonografia para o tratamento da dor.

Atualmente trabalha com atendimentos clínicos e procedimentos intervencionistas para tratamento de pacientes com dor na cidade de Rondonópolis

Blog

Essa doença é chamada de dor crônica pós-operatória, um problema importante, porém pouco conhecido. Algumas pessoas apresentam dor persistente ou crônica após uma cirurgia, mesmo depois que a ferida cicatrizou. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Além da dor, o doente desenvolve alterações no sono, sintomas depressivos e ansiosos e comprometimento a qualidade de vida.

Geralmente a dor parece com um choque, formigamento, pontada ou queimação, localizada na região da cicatriz e pode também irradiar para fora da cicatriz.�⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
✅ Se você tem esses sintomas, procure um médico especialista em dor da sua confiança e melhore sua qualidade de vida.






Para mais informações:⠀
Dra. Luciana Conte
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀
☎(66) 3423-4175⠀
📱(66) 99989-1001⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 -⠀
Rondonópolis⠀
�#vamosfalarsobredor #especialistaemdor #tratamentodador #dorcronica #tiposdedor #viversemdor

Em uma escala de 0 a 10 de intensidade de dor, quem sofre com a neuralgia do trigêmeo costuma indicar o grau 10 para descrever o que sente. Atos simples como sorrir, pentear os cabelos, mastigar e escovar os dentes se tornam sessões de tortura para quem convive com isso.

A neuralgia do trigêmeo é uma dor neuropática mais comum em idosos e considerada uma das piores dores do mundo. Responsável por vários casos de suicídio por pacientes que não conseguiam mais conviver com a doença. ⠀⠀

Quando as medicações não são eficazes este nervo pode ser “queimado” por uma agulha de radiofrequência ou comprimido por um balão para que as fibras nervosas parem de transmitir os sinais dolorosos.

Conhece alguém que precisa ler isso? Envie esta informação!






Para mais informações:⠀
Dra. Luciana Conte⠀
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀
☎(66) 3423-4175⠀
📱(66) 99989-1001⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 –
Rondonópolis⠀

#vamosfalarsobredor #especialistaemdor #tratamentodador #dorcronica #tiposdedor #viversemdor

O suicídio é considerado um dos maiores problemas de saúde pública atualmente no mundo. Diversos estudos apontam uma forte relação entre a dor crônica e o comportamento suicida.

Na grande maioria dos casos de comportamento suicida em geral, a depressão é uma condição determinante. No caso de pessoas com dor crônica, muitas vezes a depressão se relaciona às dificuldades de se conviver com dor persistente, podendo levar a desesperança, isolamento e muitas perdas em relação a trabalho, laser, vida social e papel familiar.

Para evitar o comportamento suicida relacionado à dor crônica, é essencial que pacientes que apresentem níveis de depressão de moderado a grave sejam encaminhados para um profissional de saúde mental. O envolvimento da família também pode ser um recurso terapêutico muito importante.

Você não está sozinho, procure ajuda.






Para mais informações:⠀
Dra. Luciana Conte⠀
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀
☎(66) 3423-4175⠀
📱(66) 99989-1001⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 -⠀
Rondonópolis⠀

#vamosfalarsobredor #especialistaemdor #tratamentodador #dorcronica #tiposdedor #viversemdor

A dor surge como um sinal de alerta de que algo não está bem no nosso corpo . Isso faz com que fatores psicológicos como pensamentos negativos, sensação de percepção física exacerbada e comportamentos mal adaptativos interfiram no resultado no tratamento.

m virtude disso, a intervenção psicológica é necessária para evitar problemas relacionados a dor crônica a fim de melhorar as habilidades emocionais e qualidade de vida! 😁

Não é normal ter dores constantes, procure ajuda médica.⠀






Para mais informações:⠀
Dra. Luciana Conte⠀
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀
☎(66) 3423-4175⠀
📱(66) 99989-1001⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 -⠀
Rondonópolis⠀

#vamosfalarsobredor #especialistaemdor #tratamentodador #dorcronica #tiposdedor #viversemdor

Desejo a todos um bom descanso e um ótimo feriado!

Os principais sinais e sintomas dos tumores ósseos são: ⤵️

▫️Dor. No início, a dor não é constante, mas pode ser mais intensa a noite ou quando devem ser realizados movimentos, por exemplo, dor nas pernas ao caminhar.

▫️Inchaço. O inchaço no local da dor pode não ocorrer de imediato. Dependendo da localização do tumor pode ser sentido um nódulo ou uma massa no local.▫️Fraturas. Os tumores ósseos podem enfraquecer o osso, mas na maioria das vezes, os ossos não chegam a fraturar. A dor óssea ou o inchaço são frequentemente devido a outras condições, lesões ou artrite. Ainda assim, se esses problemas persistirem por um longo período de tempo sem uma razão conhecida, é importante consultar um médico. 👈🏻

Não é normal ter dores constantes, procure ajuda médica.






Para mais in­for­ma­ções:⠀
Dra. Lu­cia­na Con­te⠀
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀
☎(66) 3423-4175⠀
📱(66) 99989-1001⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 – Rondonópolis⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
#vamosfalarsobredor #prevenção #dor #medo #fiquebem #vivabem #qualidadedevida #especialistaemdor #tratamentodador #dorcronica #saude #tiposdedor #viversemdor

A síndrome da dor pélvica crônica também pode ocorrer em homens e é caracterizada por dor superior a três meses, sem causa aparente como infecções ou tumores.⠀

Pode afetar os órgãos da pelve masculina ( bexiga, próstata, intestinos). ⠀
A dor pode aparecer na região do períneo, pelve, no pênis, testículos, e causar alterações como dor e dificuldade para urinar e disfunção sexual.⠀

Uma das causas que são comumente abordadas pela medicina Intervencionista da Dor são as neuralgias de nervos que podem causar sintomas na região, sejam eles provenientes da parede abdominal (nervo ilioinguinal, genitofemoral) ou da região pélvica (nervo pudendo).⠀


Para tratar esse tipo de lesão recorremos a bloqueios diagnósticos e terapêuticos guiados por imagem, como a ultrassonografia. ⠀
Outro condição que pode ajudar a perpetuar essas dores é a sensibilização central e periférica que ativam a musculatura do assoalho pélvico, causando mais dor. Com o passar do tempo existe uma forte tendência desses pacientes desenvolverem depressão e ansiedade.⠀

Ter dor persistente não é normal, procure ajuda médica! Mande esse post para alguém que precisa ler isso.⠀

-⠀
-⠀
-⠀
-⠀

#vamosfalarsobredor #prevenção #dor #medo #fiquebem #vivabem #qualidadedevida #especialistaemdor #tratamentodador #dorcronica #saude #tiposdedor #viversemdor

O exercício físico pode ser a dica mais conhecida para aliviar as dores. Uma vida sem atividades físicas é perigosa para qualquer pessoa, mas quem sofre de dor crônica acaba sentindo mais, pois os músculos e articulações afetados pela dor passam longos períodos inativos, intensificando as dores. 👈

É importante reforçar que, mesmo sendo benéfico, o paciente precisa conversar com seu médico previamente para estabelecer quais exercícios em específico serão mais benéficos em seu caso. 🙂

Não é normal ter dores constantes, procure ajuda médica.



Para mais informações:⠀
Dra. Luciana Conte⠀
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀
☎(66) 3423-4175⠀
📱(66) 99989-1001⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 – Rondonópolis⠀
-⠀
-⠀
-⠀
-⠀

#vamosfalarsobredor #prevencao #dor #medo #fiquebem #vivabem #qualidadedevida #especialistaemdor #tratamentodador #dorcronica #saude #tiposdedor #viversemdor

Pessoas com dor oncológica, muitas vezes, percebem que sua dor muda ao longo do dia e que pode ser diferente de um dia para o outro. O paciente oncológico pode apresentar dor relacionada ao câncer, ao tratamento do câncer, e outras dores não relacionadas ao câncer. ⠀

Manter o controle da dor e seus sintomas e relatá-los ao médico ajuda-o a entender o que está sendo sentindo e identificar seu tipo de dor. 😊⠀


👉Dor aguda – É intensa e dura um tempo relativamente curto. É mais um sinal de que o corpo está sendo ferido de alguma forma. Esta dor geralmente desaparece com a cicatrização do ferimento.⠀

👉Dor crônica – Pode variar de leve a severa. Esse tipo de dor pode atrapalhar a vida do paciente se não for bem tratada.⠀


👉Dor Disruptiva – É um tipo dor que se manifesta repentinamente apesar da medicação, variando de moderada a severa. É comum em pessoas com dor crônica que estão sendo tratadas com medicamentos. Se caracteriza por ter início e fim abruptos e aparecer mesmo com um bom esquema de remédios pra dor. Pode estar relacionada a alguma atividade específica ou não e requer uma dose a mais de medicação além da dose regular que o paciente já usa.⠀


Não é normal ter dores constantes, procure ajuda médica⠀


Para mais informações:⠀
Dra. Luciana Conte⠀
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀
☎(66) 3423-4175⠀
📱(66) 99989-1001⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 – Rondonópolis⠀
-⠀
-⠀
-⠀
-⠀

#vamosfalarsobredor #prevenção #dor #medo #fiquebem #vivabem #qualidadedevida #especialistaemdor #tratamentodador #dorcronica #saude #tiposdedor #viversemdor

O medo da sensação de dor é caracterizado como Algofobia, já o medo de executar movimentos que são associados a dor, chama-se Cinesiofobia. 🤔⠀

Normalmente, os pacientes que sofrem com essas condições, acabam evitando fazer qualquer tipo de atividade, parando de realizar, inclusive, as tarefas do dia a dia. 😪⠀

Com isso, para se “proteger”, tendem a passar mais tempo sentados ou deitados, se tornando pessoas sedentárias e prejudicando a sua saúde, pois como sabemos, as atividades físicas são fundamentais para manter a mobilidade do nosso corpo.⠀😞⠀

Não é normal ter dores constantes, procure ajuda médica.⠀
.⠀
.⠀
.⠀
.⠀
.⠀
Para mais informações:⠀
Dra. Luciana Conte⠀
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀
☎(66) 3423-4175⠀
📱(66) 99989-1001⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 -⠀
Rondonópolis⠀
#vamosfalarsobredor #prevencao #dor #medo #fiquebem #vivabem #qualidadedevida #especialistaemdor #tratamentodador #dorcronica #saude #tiposdedor #viversemdor

A megapófise ou megapófise transversa é o aumento anatômico do processo transverso, que é essa “orelhinha” que existe na lateral das vértebras da coluna.⠀

A megapófise não representa necessariamente um quadro clínico que possa causar algum tipo de dor ao paciente, é o que costuma-se chamar de variação anatômica, e aparece em uma determinada porcentagem da população.⠀

A megapófise transversa pode ser tão grande que chega a se articular lateralmente no osso sacral, criando uma nova articulação, nesse caso, a megapófise passa a se chamar megapófise transversa neo articulada ao sacro.⠀

Foi diagnosticado?⠀

Pri­o­ri­ze a sua saú­de e qua­li­da­de de vida. ⠀
Con­sul­te-se em um mé­di­co da dor.

Que você consiga transmitir para o seu filho tudo aquilo que realmente importa na vida: momentos alegres e muita proteção.⠀

Desejo um Feliz Dia dos Pais! 💕⠀

-⠀⠀⠀
-⠀⠀⠀
-⠀⠀⠀
-⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Para mais in­for­ma­ções:⠀⠀⠀
Dra. Lu­cia­na Con­te⠀⠀⠀
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀⠀⠀
☎(66) 3423-4175⠀⠀⠀
📱(66) 99989-1001⠀⠀⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 – Rondonópolis⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
#vamosfalarsobredor #qualidadedevida #especialistaemdor #tratamentodador #dorcrônica #saúde #tiposdedor #viversemdor #diadospais

Dores crônicas, diferente das agudas, acompanham os pacientes por longos períodos, mas no inverno isso é ainda pior. 😟⠀

Devido ao frio, tendemos a contrair algumas partes do corpo, por decorrência disso, algumas dores crônicas são intensificadas.⠀


Para amenizar essas dores, separei algumas dicas: ⤵⠀
▫Uso dos moletons e agasalhos; ⠀
▫Cobrir as extremidades, como pés, punhos, mãos, pescoço e cabeça, ajuda a aquecer todo o corpo.⠀
▫Bolsas de água quente, aplicadas na área da dor por 20 a 30 minutos, também são indicadas. No caso das dores crônicas, é possível aliar as bolsas de água quente com as de água fria.⠀
▫Massagem, de modo geral, é sempre muito bem-vinda, porque os benefícios são muitos: melhoram o aporte de sangue, diminuem a rigidez, melhoram a oxigenação do tecido.

Contraiu COVID-19 e acabou sentindo mais dores depois? 🤕⠀
⠀⠀
Por exemplo, podemos citar:⠀
⠀⠀
▫Dor de cabeça intensa (cefaleia);⠀
▫Dores musculares;⠀
▫Dores lombares.⠀
⠀⠀
👉🏼 As dores crônicas não possuem um único fator, por isso, seu tratamento é baseado na junção de diversos cuidados que podem nos fazer bem, como:⠀
⠀⠀
🥙 Manter uma boa alimentação;⠀
🚴🏼 Praticar atividades físicas;⠀
🤯 Controlar/diminuir o stress;⠀
😴 Ter boas noites de sono.⠀
⠀⠀
Durante a pandemia, o nível de estresse e nova rotina das pessoas acabou ocasionando um aumento no número de casos de dor, por isso, para um tratamento eficaz, é preciso também cuidar da mente! 🧠⠀
⠀⠀
E você? Percebeu maior incidência das dores após contrair o vírus? 🤔⠀
⠀⠀
Não é normal ter dores constantes, procure ajuda médica.

O mieloma múltiplo é uma doença que se origina na medula óssea. Com o passar do tempo, ela vai para o sangue, podendo se estabelecer nos ossos. Tem características muito próprias e, na maioria dos casos, acomete pessoas acima dos 70 anos.⠀

O diagnóstico nem sempre é precoce, já que o mieloma não se apresenta na forma de tumores ou nódulos, mas suas células ficam espalhadas pela medula óssea. Por isso, é importante ficar atento aos sintomas e sinais da doença para, em caso de suspeita, ser encaminhado rapidamente ao tratamento. ⠀

Cansaço, fraqueza, infecções constantes e dores ósseas nas costas podem indicar o mieloma. Entretanto, a dor nas costas é também um sintoma muito comum associado a doenças degenerativas da coluna de caráter benigno e não indica por si só que o paciente tenha a doença.⠀

Não é normal ter dores constantes, procure ajuda médica.

-⠀⠀O Julho Amarelo foi criado para conscientizar a população sobre o câncer ósseo, assim como a importância do diagnóstico precoce para um tratamento mais rápido e efetivo.

Fique alerta: ⚠️
Sintomas como dor e inchaço são comuns ao câncer ósseo.

👉 A forma mais comum de câncer ósseo é como metástase de outros tipos de câncer, mas também pode ser o local de origem

👉Um simples raio x pode identificar a doença, por isso procure um especialista ao reparar algo de diferente com a sua saúde.

Previna-se!
-⠀⠀
-⠀⠀
-⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Para mais in­for­ma­ções:⠀⠀
Dra. Lu­cia­na Con­te⠀⠀
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀⠀
☎(66) 3423-4175⠀⠀
📱(66) 99989-1001⠀⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 – Rondonópolis⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
#vamosfalarsobredor #lupus #prevenção #dor #medo #fiquebem #vivabem #qualidadedevida #especialistaemdor #tratamentodador #dorcrônica #saúde #tiposdedor #viversemdor

Muitas pessoas sentem dores diariamente, que podem ser incapacitantes e atrapalhar a realização das atividades comuns. 😪⠀

Antes de qualquer coisa, devo dizer que é possível buscar ajuda médica e tratá-las! 👈⠀

Deixe um comentário me contando onde você sente aquelas dores que tanto incomodam todos os dias. 💬⠀

Não é normal ter dores constantes, procure ajuda médica.⠀
-⠀⠀
-⠀⠀
-⠀⠀
-⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Para mais in­for­ma­ções:⠀⠀
Dra. Lu­cia­na Con­te⠀⠀
CRM/MT 6099 RQE 3263 RQE 4357⠀⠀
☎(66) 3423-4175⠀⠀
📱(66) 99989-1001⠀⠀
🗺Clínica Suprema: Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 – Rondonópolis⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
#vamosfalarsobredor #lupus #prevenção #dor #medo #fiquebem #vivabem #qualidadedevida #especialistaemdor #tratamentodador #dorcrônica #saúde #tiposdedor #viversemdor

Contato

Contato

Telefone

(66) 99989-1001

Localização

Rua Fernando Corrêa da Costa, 2096 - Jardim Guanabara CEP: 78705-600 - Rondonópolis

Siga nas redes sociais